Notíciais

DNA mitocondrial confirma restos mortais de Stefanini Freitas Monken.

Por Helena Carvão

É com muita tristeza que informamos que foi encontrado parte da ossada dos restos mortais de Stefanini Freitas Monken, desaparecida desde 2011 em Petrópolis - RJ

Foi realizado exame de DNA mitocondrial no osso para confirmação. O mtDNA apresenta um padrão de herança materna, ou seja, a sequência é idêntica para todos os familiares por parte de mãe (herança matrilinear). Pode ser usado para identificar pessoas desaparecidas, através de análise por comparação com parentes.

Este tipo de exame é útil também, na identificação de materiais muito antigos ou em avançado grau de decomposição. A análise do mtDNA tem ajudado a solucionar diversos casos na genética forense, sendo utilizada com sucesso por laboratórios dos EUA e Europa.

A jovem desapareceu ao sair de casa na localidade conhecida como Sítio Monte Florido, ela seguia para escola, mas nunca chegou ao seu destino.

O sumiço sempre foi um mistério.

Até o momento não fora divulgadas maiores informações, para não atrapalhar a investigação da polícia.


© Circuito Livre - 2010. Todos os direitos reservados. Todo conteúdo é de inteira responsabilidade do Circuito Livre Desenvolvido por: Augusto Saggese